quarta-feira, março 08, 2006

Gripe do Guga

Guga Kuerten, como bom frango que é, virou grife. Montou uma loja de roupas aqui na ilha da magia, em que estampa sua nada fina estampa em camisetas pra la de transadas. A empreitada é um sucesso, passo na frente do estabelecimento quase que diariamente, e já vi quase duas pessoas tomando um cafézinho no agitado boteco instalado no local. Gente comprando roupa, é verdade, não vi ninguém. Os 49 atendentes curtindo o ócio nada criativo me fazem crer que há algo de podre no reino de Roland Garros - e não é só a bacia do tenista despenteado.


Didiiiii!

Noves fora, também não é só a grife do Guga que virou carne de vaca - ou seria frango, no panteão de esportes menos cotados. Todo mundo sabe, todo mundo viu. Faltou o esquisitão que edita o Globo Esporte transformar em jargão: Daiane dos Santos e outros atletas de esportes menores (inclua aqui tudo que não seja futebol), sofrem de algo chamado a gripe do Guga. É o distúrbio da derrota-mania depois de aspirar o pesaroso ar da vitória.

É alarmante a situação da pobre dos Santos. Deu meia dúzia de piruetas na carreira e, plau, pifou. Não demora muito, tá inaugurando uma fracassada lojinha de maiôs jacus no centrão de Porto Alegre.

E, sim, foi meu terceiro post seguido sobre a gripe do frango. Deve ser medo.

Comentários: Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



Links para esta postagem:

Criar um link



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]